SAQUE DO FGTS SERÁ LIBERADO AOS POUCOS EM 2017 – CONFIRA

SAQUE DO FGTS SERÁ LIBERADO AOS POUCOS EM 2017 – CONFIRA

O governo anunciou mudanças nas regras do fundo de garantia. São 10,2 milhões de trabalhadores que poderão sacar todo o dinheiro que estava bloqueado em contas inativas.

 

O presidente Michel Temer anunciou a medida durante um café da manhã com jornalistas. A pessoa que pediu demissão de um emprego com carteira assinada até 31 de dezembro de 2015 poderá sacar todo o valor do FGTS depositado pela empresa na conta que ficou inativa.

 

“Ele saca por inteiro. Não há limite pra isso. Portanto, é uma injeção de recursos que vai mobilizar, movimentar a economia. E equivale, pelos cálculos do planejamento, a cerca de 0,5% do PIB”, declarou.

Segundo o próprio Temer, serão cerca de R$ 30 bilhões injetados na economia brasileira, que atravessa o segundo ano seguido de recessão. Todo trabalhador com carteira assinada tem uma conta do FGTS que fica inativa quando ele pede demissão. Por isso, a pessoa que já passou por vários empregos pode ter diversas contas inativas.

 

Esse dinheiro ficava parado e que só poderia ser sacado depois de três anos sem emprego com registro. Ou em outros casos previstos na lei, como aposentadoria ou a compra da casa própria. Agora, o trabalhador vai poder retirar todo o dinheiro dessas contas, mas os saques só serão liberados aos poucos em 2017.

Deixe um comentário