Governo anuncia a liberação de saque do FGTS

Os trabalhadores com dinheiro depositado em contas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) que estejam inativas poderão sacar o dinheiro depositado até o dia 31 de dezembro de 2015. O anúncio foi feito na última quinta-feira, 22 de dezembro, pelo presidente da República, Michel Temer. A medida é mais uma tentativa do governo federal de impulsionar a economia do País.
A conta só fica inativa quando o trabalhador sai do emprego e deixa de receber depósitos. Segundo Temer, a medida deve beneficiar 10,2 milhões de trabalhadores que estão nessa situação. Diante disso, o governo federal pretende liberar o saque. A ideia é de que não tenha limite para isso, ou seja, o beneficiado pode sacar todo o valor que estiver como saldo até o dia 31 de dezembro de 2015.
O trabalhador que quiser consultar a sua conta vai precisar do número do Programa de Integração Social (PIS) e da senha do cartão cidadão. Ele deve acessar o site da Caixa Econômica ou ir à uma agência da instituição. O governo federal deve divulgar até fevereiro um cronograma para a liberação do dinheiro. A referência será a data de aniversário do trabalhador.
Movimentação de R$ 30 bilhões
Para o governo federal, a medida anunciada vai movimentar cerca de R$ 30 bilhões na economia. A equipe econômica fez um levantamento em que constatou que 86% dessas contas têm saldo de um salário mínimo.
O trabalhador vai poder utilizar o recurso e usar da forma que quiser. Nesse sentido, a União anunciou que a medida não prejudica setores que usam o dinheiro do FGTS em áreas como habitação e saneamento.

Para consultar seu saldo, clique aqui.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *